Assinatura de veículos pode ser o modelo escolhido pela geração Z

Andy Palmer, ex-executivo da Aston Martin e da Nissan considera o modelo adotado pelos gigantes do streaming (Netflix, Spotify, Amazon Prime, e outros) já é o preferido desta geração, e que este modelo será também o futuro do negócio de automóveis.

“Simples e sem amarras, os serviços de assinatura parecem viáveis para todo tipo de produto

Andy Palmer, em artigo na Insider.

Ainda na avaliação de Andy Palmer, os empresários estão, aos poucos, percebendo a demanda e adequando seus negócios. Ele cita o exemplo da Volvo, que lançou um serviço de assinaturas em 2020.

Segundo o executivo, o grande trunfo em adotar o modelo por assinatura é conciliar a conveniência de aplicativos como Uber com a possibilidade de o cliente ter um veículo sempre à disposição.

O aumento da frota de veículos elétricos, tendência do setor, pode também influenciar na maneira de se consumir veículos. “Após certo tempo de uso, as baterias ficam menos eficazes”, observa Palmer. “Isso significa que você alcançará uma quilometragem cada vez menor com uma carga”.

“Em vez de substituir todo o veículo, o que seria caro e ineficiente, o leasing da bateria se tornar o padrão para os motoristas em um futuro próximo”, prevê.

“O setor é conhecido por sua resistência a mudanças e pode achar difícil lidar com isso”, acrescenta Palmer. “A boa notícia é que isso requer uma mudança de marketing, em vez de operacional. Que é mais fácil de gerenciar”, complementa.


Fontes: Olhar Digital e Blog das Locadoras de veículos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: